quinta-feira, 23 de julho de 2009

Tributo a um génio...



...hoje, que faz 5 anos que nos deixou fisicamente. Um génio da guitarra como ele, não nos pode deixar nunca.

Os seus "verdes anos" estarão sempre ligados aos meus.

Até sempre Carlos Paredes!

23 comentários:

  1. Um grande, sem dúvida.

    Carlos Paredes, a sua viola falava.

    ResponderEliminar
  2. Por enquanto, como ele só o Pedro Caldeira Cabral mas este, também como Carlos Paredes, só será muito bem reconhecido quando morrer.

    Que diabo!!! Porque será que os Portugueses não reconhecem os seus génios em vida?

    ResponderEliminar
  3. Porque é esse o (mau) hábito dos portugueses.

    ResponderEliminar
  4. Eu também gosto muito do Carlos Paredes
    (ou não fosse ele "paredes"-pedras...)

    TiTe
    os teus berdes anos também estarão sempre ligados aos meus!O berde era o mesmo! (o verde...andou sempre azulado...eheheh!)

    Agora não tenho a Ovinho, meto-me com a Tite (fotógrafa). não sei se o sítio é bonito, ou se as fotografias é que foram bem tiradas...mas gostaria de ter uma "casinha" assim...Ai,ai! agora compreendo as mangueiradas...

    Beijinhos cheiinhos de Pó de Estrela para a minha Fada Madrinha

    ResponderEliminar
  5. MAMMAAAAAAAAAAAAA LINDA!
    AMO VC!
    BEIJINHOS.....

    ResponderEliminar
  6. Tité,

    Foi lindo da tua parte recordares aqui Carlos Paredes.
    Na realidade é triste que não se dê o valor devido aos bons artistas.
    Mas, acredito que as coisas vão melhorar...fé não me falta.

    Beijinho grande cheio de luz e cor

    ResponderEliminar
  7. Pó de Estrela,

    Fizeste-me rir a valer.

    Tal como digo no vídeo foram 5 anos a lutar contra as intempéries, ventanias agrestes, secas inesperadas, água calcária até dizer chega.

    Agora, embora o jardim não esteja como gostaria, está muito mais ameno do que quando vim para cá que nada tinha.

    Claro que as tuas condições climáticas são superiores quer em solos, água e espaço. Podes é nem sempre teres tido tempo para lhe dedicar, mas agora que estás mais livre já podes mimar-te com o prazer de embelezares as tuas pedras com as flores apropriadas ao local.

    Beijossss

    ResponderEliminar
  8. Olá Tite,
    Lindooooo

    Acho que nunca mais ninguém tocou guitarra como ele!
    É de lamentar mas é mesmo assim, enquanto vivos ninguém se lembra dos génios que são!

    Até sempre Carlos Paredes

    Bjs

    ResponderEliminar
  9. A sua música tinha algo do outro mundo. Bom fim de semana! Beijus

    ResponderEliminar
  10. Bela e merecida homenagem. Carlos Paredes ficará sempre ligado a nós.
    Um beijinho,
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  11. Só para dizer que vim a casa fazer escala entre uma semana de férias e outra... :)))

    E só para dizer que fui tossir ao post das flores!! Sim, aquele ali em baixo... Eu vou ali fazer uma canjinha e uns folhados de chouriço e venho já coordenar este movimento erguido contra a casca da minha pessoa!!!! ahahahahah

    :))))))))))))))))))))

    ovo*

    ResponderEliminar
  12. Tité... É tão tarde... Mas vim deixar-lhe um beijinho a correr, que não sei bem quando volto aqui!

    E outro ao dinis e sua indefectível dina, do outro lado do Atlântico! :)

    Beijinhos quentes!
    De Verão! :)

    ResponderEliminar
  13. Querida ti Te,

    Hoje é o dia dos Avós... E como poderia eu deixar passar este dia sem a vir aqui felicitar?

    Hoje é dia de celebrar aquele açucar especial que tem, no gesto, nas palavras, no coraçao.

    Um beijo grande,
    CA

    ResponderEliminar
  14. Esta avó é uma fofa mas é porque agora tem duas músicas fantásticas no blogorádio!! as duas primeiras! :)

    Feliz dia!*

    ovinho*

    (Oh Cátia Maria!! Belas horas para comentar blogs!! eheheh Vieste da rambóia directamente para o pc!! la la la!!)

    ResponderEliminar
  15. Oh Ovo!! Ramboioquê? Eu lá sei o que isso é??! ehehehe. Apesar de ser sabado, ontem fiquei-me por um jantarzinho com uma amiga, depois de uma apresentação do livro...

    As horas foram... bem... provocadas por uma insónia, para ficar a ler e reler o livro, e claro para tentar visitar os amigos que, em alguns casos, já nao fazia ha mais de uma semana... E nem imaginas a que horas me deitei e cheguei a casa à meia-noite!! só eu....

    Um beijo Ovo e ti Te
    CA

    ResponderEliminar
  16. Cátia Maria... se tivesses ido jantar com um amigo... eu ainda me calava!! Agora com uma amiga?? Vais continuar a levar comigom vais!! :D

    Beijooooooooooo :))

    Feliz dia dos a´vos, oh avó babadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!! Tité, claro!

    ovo*

    (Não sei se já disse neste blog que nestes dias especializei-me na arte de fazer folhados de chouriço, com massa folhada da marca pingo doce, em sensivelmente 15 minutos!!! J+á tinha dito, desculpem!! Não tinha dito, ficam a saber!! ahahhaha)

    Ai como eu adoro gabar-me!! la la la!!

    ResponderEliminar
  17. Isto do chouriço agora é por todo o lado??! é para quê, para todos irem bater-te a porta? ahahah.

    Vou continuar a levar contigo?! Sabes que gosto... eheheheh. Saiu-te agora o tiro pela... colatra (ou seja lá por onde for...ehehe)

    Beijooooooooossssssss
    CA

    ResponderEliminar
  18. Então agora tenho que andar pela blogoesfera a colocar estas netas na ordem????

    Querem lá ver o desassossego!!!!

    Toda a gente a dormir e elas aqui na grande rambóia. Isto não pode ser... que me acordam as visitas e depois ficam rabugentas para comentar seja o que for.

    Bem... desta vez estão desculpadas pois é o dia dos Avós e não serei eu a estragar uma festa tão bonita.

    Vou aqui abaixo porque me parece que a Ovinho também andou por lá a fazer das suas.

    Fui!!!

    ResponderEliminar
  19. ti Té,

    Sabe que quando começamos não conseguimos parar... isto não há quem nos pare... sejá as 2h da manhã seja as 11h! :D

    Fazemos muito barulho, mas até somos bem educadas... entramos, fazemos a festa, incluimos os respectivos donos da casa, e no final... fugimos antes de ter que arrumar a loiça suja! eheheh.

    Beijinho grande
    CA

    ResponderEliminar
  20. Cheguei e vou partir. Com tanta rambóia, penso que estou a mais.
    Beijos
    Dinis

    P.S. Sabias que o Carlos Paredes e o Ary dos Santos fizeram vários trabalhos juntos? Um na música e o
    outro nos poemas, foram dois
    "monstros".

    ResponderEliminar



Agradeço a vossa visita e os vossos comentários.

Volte sempre!!!!!!